Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MERCEARIA MAGINA

MERCEARIA MAGINA

12
Mai17

Tempo de antena #1

Raquel, 32 anos, natural de Lisboa.
Em miúda partia-se toda. Para ser concreta, em miúda partiu 5 vezes as pernas e 1 vez a clavícula. Diz que era uma miúda calminha.
Divertida, espontânea e prática a Raquel é hoje Engenheira Electrotécnica e, sem medos, aceitou o convite de ser a nossa primeira entrevistada.
 
Bem-vinda Raquel!
 
Olá Raquel! Obrigada por aceitares o convite e vires dar o ar da tua graça à Mercearia Magina. Para começar, queres acrescentar algum detalhe à tua apresentação?
 
Sim, gostava de salientar só o ponto mais importante… Pet Lover!
 
Fala-nos um bocadinho sobre ti. Como é isso de trabalhar com máquinas e computadores?
 
É excelente! Não me dão trabalhinho nenhum. Costumam estar sossegadinhas no seu canto, e enquanto não existir uma liga de proteção aos computadores, ainda é permitido dar-lhes umas pancadinhas quando não querem trabalhar. Geralmente afinam logo!
 
Trabalhas num "mundo de homens". Alguma vez sentiste-te alvo de preconceito no teu meio de trabalho?
 
Sim mas não levei muito a peito...Eu sinto-me um homem por dentro. Já dei por mim a tentar coçar os tomates mas não deu. |risos|
 
Pois, imagino que seja complicado! ...Trabalhas naquilo que estudaste. Na opinião de muitos serás uma sortuda. Gostas do que fazes?
 
Ui, que sorte a minha. Não. Mas não me escapo de ouvir "Ah e tal não te queixes porque tens trabalho e ganhas bem." É verdade sim senhora. E também é verdade que nunca tive de mexer uma palha para procurar trabalho (convidaram-me para trabalhar na minha faculdade ainda antes de terminar o curso), assim como, fui sempre seleccionada nos sítios a que me propus ir. Mas é uma treta! Não sei o que raio se passava naquelas famosas horas de OE (orientação escolar) e os seus testes psicotécnicos. Diziam que eu era boa em Engenharia Química, Política e Advogacia...e nessa altura eu queria ser pediatra! De qualquer das formas não resultou. Acho que o maior problema é, às vezes, eu ter a mania de ser do contra. Mas no final de contas o problema está é em trabalhar…o melhor da vida faz-se fora do trabalho.
 
E descartas a possibilidade de algum dia vir a tentar outra área?
 
Não, até já tenho o meu deadline. Aos 40 anos largo tudo, viro hippie e vou vender pulseirinhas para a Feira da Ladra com os meus 93023 cães.
 
Gosto da ideia. Tens 32 anos e és casada há 2. Já começaram as perguntas "e para quando um bebé"?
 
Calma que ainda não são dois e até lá muita coisa pode mudar! |risos| Sim, acho que é a típica pergunta para fazer conversa. Até eu digo isso aos outros e fico "OMFG what have I just said!?". Este fim‑de‑semana fui a um batizado onde estavam pessoas que me conhecem desde pequenina e diziam-me "Então Raquel agora és tu...", ao qual eu respondi "Naaaa eu quero ser mãe-avó, poupa-se tempo se saltarmos etapas!". Time is money!
 
De certa maneira pressionam-vos com essas perguntas. Como é que lidas com isso?
 
Com a pressão é mesmo #caguei. Com o facto de querer ter filhos é que a coisa é dúbia...tanto quero como afinal não. Acho que a vida toda pensei que ter uma família significava ter filhos mas, ter que ter filhos não é o mesmo que querer ter! Agora encontro-me numa fase em que praticamente todos os casais à minha volta têm filhos e eu penso que não é bem isto que eu quero para mim. Nem sei se quero! Parece que de certo modo até introduz alguma pressão ao casal e ao relacionamento, assim como pressão financeira. Se pensarmos bem, uma vida sem filhos pode ser uma vida do caraças! O cão serve como treino e como abre olhos. Se já há tantas coisas que não posso simplesmente fazer porque tenho um cão, então como será com filhos? Ps- Objectivo aos 40 largar tudo com filhos não é possível!
 
A pergunta mais ansiada. Não só trabalhas num "mundo de homens" como vives num "mundo de homens". Como é que é viver com um gato, um cão e um marido?
 
É totalmente espectacular, não há períodoooooo naquela casa que não o meu! E todos me amam então, chego a casa e transformo-me em Cleópatra. Todos vêm à porta para me receber, lutam entre eles pela minha atenção, sento-me no sofá e todos querem o meu colo. D E   S O N H O ! No entanto se tiver filhos, curtia de ter meninas. Adoro desafios!
 
Um objectivo para 2017?
 
Tinha um que já foi. Decidi atolar-me numa dívida para o resto da vida e comprei uma casa (#fml #eagora #aos75toudespachada), algo que me deixa super tranquila  (#not #whathaveidone #aaaaaah). Portanto agora sinto-me como um balão de hélio, vazia por dentro e a pairar no ar sem objectivos. Confesso que este momento de introspecção deixou-me preocupada... Mas a verdade é que também precisava de alguma calma e estabilidade, pois isto de andar sempre a mudar de casa (em 4 anos, 4 casas) e a mudar de carro (em 4 anos, 5 carros), algum dia tinha de parar.
 
Envias-me uma foto de algo que faça parte do teu dia-a-dia?

 

FullSizeRender (2).jpg

 

Desafio-te então a responderes às perguntas mais pertinentes desta entrevista. Preparada?

 

1- Clube de futebol: Só há um. SLB.

2- Costumas levar os champôs de hotéis para casa? Claro as embalagens dão sempre jeito!

3- Uma certeza: Tenho a certeza que nunca serei do SCP.

4- Doces ou salgados? Salgados (...odeio estar de dieta).

5- Se neste momento eu fosse à tua casa, ela estaria arrumada? Com uma casa cheia de gajos, achas mesmo?

6- Já ficaste sem combustível no carro? Só uma vez não, váriaaaaaas!

7- Diz a verdade, quantos litros de água bebes ao dia? Orgulhosamente, 3 litros!

8- Muito frio ou muito calor? Podem ser as duas?

9- Um medo: Perder o meu baby dog :(

10- Se pudesses saber algo sobre o futuro, qual seria a tua pergunta? Vou ser rica?#sópobreéquedizqueodinheironãotrazfelicidade

 

Obrigada Raquel! Gostei muito de receber-te por aqui. Dentro de 8 anos lá estarei, na Feira da Ladra a comprar-te fiozinhos enquanto brinco com os teus cães!

 

 

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre a mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D