Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MERCEARIA MAGINA

MERCEARIA MAGINA

18
Fev17

Alma Lusitana #2

IMG_3972.JPG

 Praia do Guincho, 24 de Dezembro de 2016

 

 

Para mim o Guincho é amor. É-me difícil explicar porque gosto tanto do Guincho e contrapor argumentos como "está sempre vento" embora isso não seja de todo verdade. O Guincho é um dos sítios que mais saudade me provoca, são raras as vezes que vou a Lisboa e não dou um saltinho ao Guincho. Adoro tudo. A estrada ao lado do mar, as dunas, a areia que tantas vezes provoca o caos, a brisa fria no inverno e fresca no verão, os surfistas, as pessoas a passearem os cães, o mar, as ondas, a serra lá ao fundo, os pescadores nas rochas, repito, adoro tudo. 

 

Quando vivia em Lisboa costumava tentar convencer os meus amigos a irmos ao Guincho mas ouvia sempre respostas como "está longe", "de certeza que vamos comer areia", "porque que não vamos antes à Costa?". E era para a Costa da Caparica que eu acabava por ir...nada contra, eu gosto bastante da Costa mas lá está, não é o mesmo. É verdade que costuma estar vento no Guincho e que já por várias vezes tive que desistir de lutar contra esse teimoso e ir recambiada para casa mas, também é verdade que já tive dias de praia espetaculares no Guincho. Quem costuma ir sabe do que estou a falar. Já flutuei no Guincho com o mar tão calminho como o Mediterrâneo, já tive dias inteiros em recantos desertos onde só via o mar e a serra, já dormi belas sestas e já vivi dezenas de histórias no Guincho. O Guincho é também ver o pôr-do-sol no forte da praia do Abano, é ir passear o meu cão à Cresmina, é conduzir pela estrada de vidros abertos em noites de verão, é ficar com o carro atascado na areia ou passar com ele por poças de lama, é estar com o telemóvel sem rede.

 

Desde o tempo da faculdade até aos dias de hoje, no inverno ou no verão, sozinha ou acompanhada, o Guincho é amor. 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre a mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D